• Atom Jr

Ensaio de Tração em PVC: porquê é importante compreender o comportamento mecânico deste polímero?

Toma-se conhecimento que o PVC (policloreto de vinila) trata-se de um dos polímeros sintéticos mais produzidos no mundo. Sendo eficiente e muito versátil, este material está presente em dutos e tubos de água e esgoto, automóveis, embalagens, brinquedos e até mesmo na medicina.

É importante salientar, que o PVC é classificado em rígido e flexível, mas antes de entender a diferença entre eles é preciso compreender que por ser um polímero, este material está classificado em um grupo maior, o dos polímeros termoplásticos.


Sabe-se que os polímeros termoplásticos são formados por cadeias poliméricas, no caso desses polímeros, as cadeias são unidas por uma baixa força de atração e não apresentam ligações cruzadas, o que facilita o rompimento das mesmas quando são aquecidas, dessa forma, essa propriedade permite que esses polímeros se fundam, sejam reprocessados/reciclados diversas vezes, portanto o PVC é 100% reciclável.


Quais as características deste polímero e como ele é classificado?


O PVC é um material leve, isolante térmico, acústico e elétrico, resistente à ação de diversos fungos, bactérias e roedores e também à produtos químicos, impermeável à gases e líquidos, resistente ao sol, chuva e choques além de apresentar uma longa vida útil.


O PVC rígido como o próprio nome já diz é mais rígido e resistente em relação ao PVC flexível, apresenta propriedades como baixa absorção de umidade, boa estabilidade à diversos reagentes químicos, fácil processamento, boas propriedades adesivas entre outros, sendo utilizado em construções civis, indústria automobilística, elementos de vedação etc, enquanto o PVC flexível ou PVC plastificado como também é chamado, conta com a adição de materiais viscosos que são os plastificantes, o que tornam mais maleáveis, permitindo que estes sejam utilizados na fabricação de sapatos, roupas, estofados, revestimento de fios e cabos elétricos, embalagens etc.

Exemplos de PVC rígido


Ensaios de Tração


Tendo em vista algumas características do PVC e sua grande versatilidade, testes que analisem suas propriedades mecânicas são essenciais. Através do ensaio de tração, por exemplo, é possível saber o comportamento mecânico deste material por sua deformação ou ruptura.


O ensaio de tração consiste na aplicação de uma força axial sobre o material a ser avaliado até que este se estique e se rompa. Portanto, todo valor de força e alongamento a cada instante é medido pela máquina e assim obtém-se uma curva tensão-deformação.

Cabe destacar, que muitas propriedades variam de acordo com o formato/dimensão do corpo de prova e força e velocidade aplicada, portanto, faz-se necessário que estes estejam padronizados de acordo com a norma 10611 da ABNT.


Com o ensaio de tração é possível determinar as seguintes propriedades mecânicas:

  • Limite de resistência à tração

  • Limite de ruptura

  • Alongamento

  • Estricção

Afinal, porque compreender o comportamento mecânico do PVC é tão importante?


Vale ressaltar, que o PVC apesar de ser 100% reciclável, exatamente neste processo em que o mesmo é reprocessado, ele está sujeito a passar por metodologias degradantes ou serem contaminados, sendo assim, fica claro a importância de submeter esses materiais à ensaios mecânicos que vão garantir sua qualidade.

Outro ponto importante, é que esses polímeros estão sujeitos ao fenômeno denominado fluência, que nada mais é que a deformação permanente dos materiais quando estão sujeitos à grandes cargas em função do tempo, então mais uma vez vê-se a importância dos ensaios.


Se você quer saber mais sobre polímeros, clique aqui!

Portanto, fica claro que compreender as propriedades mecânicas deste polímero é de fundamental importância uma vez que se busca um material de qualidade e que ofereça segurança. Entre em contato conosco para saber mais!
51 visualizações

Atom Jr.

  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon