• Atom Jr

Entenda por que as Boas Práticas de Laboratório são tão Importantes

Sabe-se que o ambiente laboratorial tem como finalidade a realização de experimentos, pesquisas e processos em geral. Contudo, não é novidade que as substâncias utilizadas oferecem risco à quem as manuseia já que se tratam de ácidos fortes, soluções superaquecidas, gases etc. Tais substâncias são responsáveis por causarem intoxicações, queimaduras, choques e até mesmo incêndios. Dessa forma, fica evidente que para as reações químicas ocorrerem com sucesso e para se evitar possíveis acidentes, o local de trabalho precisa seguir corretamente as Boas Práticas de Laboratório.

Vale ressaltar que o manuseio incorreto dos produtos químicos não é o único responsável por causar acidentes em laboratório, muitos deles podem ser ocasionados pelo descumprimento das normas de segurança, pela pressa para se obter resultado com os experimentos, pelo manuseio incorreto de materiais frágeis como as vidrarias, instalações inadequadas ou pelo uso incorreto dos equipamentos de proteção individual (EPIs) e dos equipamentos de proteção coletivos (EPCs).


Quais os riscos existentes em um laboratório?


Os agentes de risco tratam-se de substâncias que quando expostas no seu limite de tolerância podem causar danos à saúde. Eles são classificados em 5 tipos:

  • Riscos de acidentes: são aqueles que expõem a integridade física do indivíduo, como manuseamento de máquinas e equipamentos sem proteção.

  • Riscos biológicos: estão relacionados à exposição do indivíduo a micro-organismos como bactérias, fungos, vírus, parasitas etc.

  • Riscos ergonômicos: afetam as condições de bem estar do indivíduo como por exemplo, movimentos repetitivos, levantamento e transporte de carga em excesso, monotonia e ambiente de trabalho desconfortável ou mal planejado.

  • Riscos físicos: ocorrem devido à ruídos, pressão, vibrações, radiações ionizantes (Raio-X, Iodo 125, Carbono 14) e não ionizantes (luz ultravioleta, luz infravermelha, laser, micro-ondas) e temperatura extrema.

  • Riscos químicos: são aqueles em que substâncias irritantes, corrosivas, oxidantes ou inflamáveis podem entrar em contato com o organismo do indivíduo.

Cabe destacar que esses riscos estão presentes nos mais diversos locais de trabalho e não apenas nos laboratórios, a diminuição deles está diretamente ligada à aplicação das ações presentes na NR 15 que, por sua vez, foi regulamentada a fim de garantir a segurança do trabalhador. Sendo assim, ela organiza e determina as atividades insalubres (atividades que expõe os indivíduos a agentes nocivos à saúde, como os descritos acima), além de abordar os limites de tolerância e estabelecer questões de segurança.


Afinal, o que são as Boas Práticas de Laboratório?


Determinadas pela ANVISA e por outros órgãos fiscalizadores, as Boas práticas de Laboratório (BPL) podem ser definidas como um conjunto de normas, procedimentos e atitudes de segurança que possuem como objetivo minimizar acidentes graves, lesões e contaminações que possam comprometer a saúde das pessoas em ambiente laboratorial, aumentando assim a segurança no local de trabalho.

Luvas e óculos de proteção são objetos que minimizam acidentes


Um laboratório seguro deve conter um mapa de risco informando de maneira clara os riscos ali presentes, deve ser de fácil visualização e renovado todos os anos. Ele trata-se de um documento obrigatório, sendo assim, tanto laboratórios ou empresas que não contenham essa ferramenta de prevenção contra acidentes estão sujeitos à aplicação de multas de valor elevado.


Buscando aumentar ainda mais a segurança nos laboratórios e tendo em vista o quanto as substâncias químicas podem ser perigosas, uma tabela de compatibilidade química é indispensável, uma vez que com ela é possível identificar os reagentes que não podem de modo algum serem armazenados juntos, como produtos oxidantes próximos a solventes orgânicos ou inflamáveis e, também, aqueles que não podem ser misturados, para isso, a rotulagem adequada dessas substâncias é de extrema importância. Apesar de parecer uma ferramenta de consulta simples, a tabela de compatibilidade química é essencial já que auxilia na prevenção de acidentes.

A rotulagem das substâncias é de extrema importância


É importante salientar que o uso de equipamentos de proteção individual como luvas, jaleco com mangas compridas, óculos de segurança e os equipamentos de proteção coletivo que todo laboratório deve conter como kit de primeiro socorros, extintores de incêndio, chuveiro de emergência e lava-olhos, servem como mecanismo de proteção primária contra os riscos físicos, químicos e biológicos que este ambiente apresenta, dessa forma, fica evidente a importância de se utilizá-los corretamente.


A seguir, algumas recomendações para boas práticas laboratoriais:

  • Utilizar corretamente os equipamentos de proteção individual e coletivos;

  • Levar para o laboratório apenas o essencial;

  • Manter-se atento e evitar distrações durante a realização dos experimentos;

  • Não fumar ou consumir alimentos e bebidas durante sua permanência no laboratório;

  • Não utilizar lentes de contato, acessórios de braço e/ou cabelo solto;

  • Antes de qualquer experimento, ler atentamente os rótulos das substâncias que serão manuseadas a fim de tomar conhecimento de suas propriedades físicas e de sua toxicidade, além de conferir se as mesmas estão dentro do prazo de validade;

  • Descartar os resíduos corretamente e nunca na pia ou em lixo comum;

  • Manter as bancadas e local de trabalho sempre organizados.

Atitudes como as descritas acima apesar de parecerem simples são, na verdade, indispensáveis e, se seguidas corretamente são capazes de evitar uma série de acidentes que podem comprometer a vida dos profissionais que trabalham no local.


Portanto, fica claro a importância da aplicação das Boas Práticas de Laboratório e como elas auxiliam na execução dos procedimentos e na prevenção de acidentes.

Na Atom Jr, oferecemos serviços com o intuito de auxiliar na organização dos materiais e reagentes dispostos em seu laboratório, além da elaboração de mapas de riscos. Caso queira saber mais e fazer do seu laboratório um ambiente mais seguro e que atenda às normas legislativas, entre em contato com a gente!
7,435 visualizações

Atom Jr.

  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon